12 de nov de 2007

Culminância do Projeto “Construção da Língua Portuguesa ao longo dos tempos”



Projeto Construção da Língua Portuguesa ao longo dos tempos


Os educadores da Escola Madre Marta Cerutti, reconhecendo o valor implícito das considerações de Marco Gasparetti, assumiu para o ano o projeto “A construção da Língua Portuguesa ao longo dos tempos”, que se desenvolve a partir dos critérios da Educomunicação.

Os alunos-pesquisadores são os protagonistas do projeto, desde a pesquisação à construção e divulgação dos resultados na internet. Além da pesquisa acadêmica realizada em sala de aula e acervos históricos, os alunos estão organizados em equipes para que o trabalho seja desenvolvido, de maneira participativa e democrática em vista da cidadania que se constrói em três equipes:

 Equipe de programadores que fazem a atualização on-line;
.Equipe de síntese que seleciona e reescreve, sinteticamente, o conteúdo pesquisado pelos demais alunos a ser colocado na internet;
.Equipe jornalística que investiga os procedimentos da pesquisa-projeto em sala de aula, entrevistando, fotografando e comentando o que acontecia por trás dos bastidores.

Protagonistas

Equipe de Redação


A equipe de redação é formada por alunos de 5ª séries ao Ensino Médio e assessorados pelos professores de Língua Portuguesa e da jornalista do projeto.
“Nós da equipe de Redação lemos todos os trabalhos dos nossos colegas das 5ª séries e separamos em tópicos para escrever os textos publicados no site da Escola. Foi um trabalho bom, pois foi unido e com a colaboração de todos. Assim, conseguimos concluir a primeira fase do Projeto ‘A construção da Língua Portuguesa ao longos dos tempos,’” descreveu a coordenadora da equipe Kamilla Kassen Zebian.

Equipe de Jornalismo
A equipe de jornalismo é formada por alunos de 5ª séries ao Ensino Médio e assessorados pelos professores de Língua Portuguesa e da jornalista do projeto. Estes jornalistas ‘amadores’ saíram à ‘cata’ de notícias, entrevistando os colegas e professores e especialistas na área de estudo; fotografando o que acontece por trás dos bastidores da pesquisa. Enfim, estão atentos a tudo que acontece no decorrer da pesquisa.

“Na 1ª fase, o grupo jornalístico concluiu que a Arte Rupestre é um desenvolvimento primitivo da pessoa humana. Marcas que para eles eram significantes, hoje é muito mais que importante faz parte da história. Uma história cheia de mistérios, crenças e rituais. Existem pessoas que se interessam por isso e acabam deixando tudo para descobrir esses mistérios que o homem primitivo deixou. O professor Wilson Ferreira é uma dessas pessoas. Ele nos ensinou sobre esse conteúdo, que certamente, um dia vão ter uma importância muito grande para nós. O jornalismo é um grupo de alunos que pesquisam, entrevistam e ensinam através de slides no ‘Power Point’ muitas coisas. Viajamos no tempo, e nós descobrimos que a história é muito importante” relata Caroline Penteado Ramos.

Outro jornalista ‘amador’ da equipe faz dá sua opinião. “Entrevistamos os professores para saber como eles estão ajudando nas pesquisas. Aqui na escola, veio o professor Wilson Ferreira que mostrou os objetos que ele possui e apontou os locais onde ficam os sítios arqueológicos da nossa região. Perguntamos para os professores articuladores da 1ª fase, Adriana e Maciel, o que eles estavam fazendo para a culminância da 1ª fase. Também vendemos fotos de eventos passados para arrecadar dinheiro para comprar filmes e pagar as revelações das fotos dessa fase,” conta entusiasmado o Adriano Márcio.

Equipe de Programadores

A equipe de redação é formada por alunos de 6ª série e do Ensino Médio e assessorados pelo programador de sistemas da Escola e pela jornalista do projeto.
Os alunos deram sugestões e escolheram os ícones a serem colocados na ‘Home Page’ e estão trabalhando numa página em flash para ser colocada em breve como segunda opção de acesso para navegação.

Álbum do Evento

De Lingua_Portuguesa


Apresentação dos Melhores Momentos



Páginas do Site em flash construído por dos alunos do projeto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar o meu blog. Responderei nesse mesmo espaço!
Abraços educomunicativos!