9 de nov de 2009

Radar Educomunicação II



O blog ¡Me Ilumine! Realiza em 20 de novembro, o workshop “Construindo uma Cultura de Paz na Diversidade”, ocasião em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.

O evento é proposto pelo projeto A Cor do Brasil, em Teresina-PI . Na programação consta o lançamento ao vivo da rádio web que objetiva difundir a paz na diversidade. A apresentação será realizada por jovens oriundos de outros projetos sociais e pela coordenação do projeto.

Segundo os organizadores a proposta do evento é levar o público a pensar a Cultura da Paz em contextos de diversidade. Serão debatidos temas como os conceitos de Paz positiva e negativa; Violência Direta - Estrutural e Cultural; o Conflito; a discriminação como forma de violência; escalada da violência e o trabalho da Paz.

O Projeto Da Cor do Brasil é realizado pela jornalista e educomunicadora Gorete Gonzaga e tem o objetivo de difundir informações através de um programa de rádio na internet que mobilize e capacite a juventude, em especial os afrodescendentes, para que ela se torne consciente da luta pela inserção social e seja facilitadora da construção de uma sociedade solidária, promovendo o respeito aos direitos humanos, à equidade, à diversidade e à paz social.

Local: Escola Piauiense de Trânsito – Detran-PI
End.: Av. Motorista Joca, S/N – prédio anexo ao Detran, bairro Redenção
Contato e confirmação de presença: 86 8821-0451 / 86 8807-3021 /projetodacordobrasil@gmail.com
Fonte: ¡Me Ilumine!

Kids Voting USA ou uma forma de educação cívica


O Blog Educomunicação – Comedu apresenta mais uma notícia sobre evento e organizações internacionais. Desta vez é o Kids Voting USA (KVUSA), uma organização não governamental norte-americana sem fins lucrativos que se define pela intenção de "manter intacto o futuro da democracia", debatendo-se pelo despertar da consciência cívica e política nos jovens. A actividade do grupo estende-se por todos os 50 estados daquele país e estabelece uma rede nacional de colaboradores que promovem, em conjunto com as escolas, uma aprendizagem gradual sobre os princípios da democracia.

Atende a educação básica e atua diretamente nas salas de aula, sensibilizando as famílias para questões diversas, como simulação de eleições com o objetivo de desmistificar o ato e aproximá-los da realidade. Atuando desde 1988, espera que em 2.016 o número de eleitores entre 18 e 24 duplique em sintonia com o aumento significativo de jovens candidatos a cargos políticos.

O editor do blog afirma que o foco desse grupo não é a educação cívica para os media, por restringe seus objetivos apenas ao campo político. No entanto, questiona: “valerá a pena sublinhar este caso, sobretudo se especularmos sobre uma possível migração deste público participante da política para os media. Que efeitos terá uma maior consciência política? A intervenção nos media, por parte dos jovens, poderá beneficiar ou não de um aumento gradual no conhecimento do sistema democrático?”
Fonte: Comedu – educomunicação


Educomunicação Ambiental

Educomunicação Ambiental: Implementação Eletrônica para a Sustentabilidade Educomunicação Ambiental: Implementação Eletrônica para a Sustentabilida
de Blog Fonte do Maracajá Silviane L. Francischetti




Educomunicação: reinventando a empresa atual


O blog Target Comunicação apresenta uma dádiva: “Educomunicação: reinventando a empresa atual” por Leila Freitas que vê o objetivo da Educomunicação Empresarial resumido nos seguintes pontos chaves:
  1. construir uma identidade corporativa que tenha bases sólidas e verdadeiras;
  2. aplicar políticas constantes que visem o aperfeiçoamento da equipe e programas educação para o desenvolvimento intelectual e profissional do colaborador;
  3. integrar os diversos setores da empresa, através do uso das ferramentas disponíveis e, se necessário, implantar de novos meios que eliminem as barreiras comunicacionais;
  4. romper as barreiras pragmáticas das relações de trabalho ( resultados ) e entender o indivíduo também no campo de suas realizações pessoais.

“Deve - se ter muita cautela, entretanto, para que não haja um desencontro entre o discurso e a prática. A educomunicação é, sobretudo, um processo de construção de um indivíduo analítico, pensante e o conceito obsoleto da relação de subordinação empresa - empregado precisa ser deixado de lado. O grande desafio está em transformar tais empresas em um ambiente participativo e criativo e ter a possibilidade de mensurar os ganhos econômico - sociais da organização,” pondera Leila.

Outras fontes sobre a temática:
http://www.aberje.com.br/novo/acoes_artigos_mais.asp?id=190

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar o meu blog. Responderei nesse mesmo espaço!
Abraços educomunicativos!